Gente feia – Rio do Ouro 1/5

É notório que mageense é feio (inclusive eu que vos escrevo). Quando você olha para um habitante do orifício retrofuricular de nosso planeta é fácil perceber sua origem mageense, o cara é estereotipado, e isso se dá numa maioria absoluta. Estive numa festa por essas bandas daí e pude constatar que 94,67% dos que participavam da comemoração eram feios. É sério! Eu contei e fiz a média e juro, juro mesmo, eu não fui exigente, pelo contrário deixei passar muita coisa.

Partindo daí, iniciei um pesquisa séria para tentar descobrir o que se passa em Magé, porque as pessoas do bairro ou apenas as que passam por Magé, em sua grande maioria, são ou ficam extremamente feias. Trata-se de uma pesquisa de cunho científico, embasada em estudos, relatórios, imagens e observações que esmiuçam com detalhes as controvérsias dos mageenses em relação ao resto do mundo, e também entre os mageenses de diferentes bairros.

A feiura é uma das características gerais do povo mageense e além delas existem outras características mais próprias e intrínsecas de cada região da cidade, as quais chamaremos de características locus. Por exemplo, quem mora em Pau Grande, além de feio, é viado (característica locus); em Fragoso, feio e esnobe (característica locus); Piabetá, feio, esnobe (característica locus) e desgraçado (característica locus)… E por aí vai. Porém nenhum ser é mais peculiar que o morador do Rio do Ouro que detém o maior número de características locus da cidade, pois além de feio, é alcoólatra, macumbeiro, forrozeiro e ignorante (para não dizer burro pra caralho!).

O Rio do Ouro é famoso em Magé pelas suas cachoeiras… poluídas. O principal agente de poluição das cachoeiras é o homem habitante do Rio do Ouro que defeca e se limpa em suas águas, que derrama alimento e suja todo o local com inúmeros despachos e oferendas a Iemanjá, como se a entidade fosse, além da Rainha do Mar, Rainha das Cachoeiras também.

About these ads

13 comentários sobre “Gente feia – Rio do Ouro 1/5

  1. hauahauhau, que palhaçada.

  2. pow só quem ve iemanjá deslizando nas pedras e o meu tio e a sam ….. e nem e na cachoeira e nas pedras da praia de………………………………………………………

  3. Rio do ouro é o point. Da macumba e do forró.

  4. a onde ja seviu colocar uma foto de animais em crueldades quem faz isso vai pagar poerqu nao coloca foto da mãe em ritual

  5. a onde ja seviu colocar uma foto de animais em crueldades quem faz isso vaipagar

  6. É isso ai! Contra a crueldade com animais!

    Errr.. Me responda um duvida. Quem vai pagar?

    Os lider da religião que ensina essas praticas de sacrifio. O cara que fez a macumba, e como tem macumba em cada esquina (acho que eles estão protegidos pela Lei, faz parte da religião deles). O cara que tirou a foto. Todos os sites que usaram a foto. O Google que indexa ela, essa deve ser uma das primeiras imagens. O cara que criou o algoritmo que fez com que essa imagem aparecesse no google. O moço do blog que escreveu. Quem leu e achou engraçado. Quem leu e não deu a minima pra foto.

    Todo animal abatido comercialmente sofre. São praticas terríveis com o unico proposito de preservar a carne. Bois morrem a marretadas nas costas, galinhas são degoladas e penduradas em ganchos. Porcos tem seu corações perfurado. Gansos tem seus figados “adoecidos” para fazer o tão adorado “foie gras”. Tubarões tem suas nadadeiras arrancadas e são jogados ainda vivos na agua, para que pessoas supersticiosa tomem sopa feita com elas. Caraguejos, siris e lagostas
    são cozidos vivos. Procure em algum site videos tenho certeza que tem varios, abominaveis, mostrando com animais são abatidos para comermos nossa “carninha” de cada dia. Tudo bem que não são todos os abatedouro que recorrem a essas praticas medievais, mas ainda existem muitos por ai.

    Comparada com as que a gente come, acho que essa da foto sofreu menos.

  7. [...] foi de um bairro famoso de nosso município conhecido por suas belezas. Nossos leitores criaram coragem (bota coragem [...]

  8. Rio do ouro é lixo mesmo

  9. fui pela primeira vez adorei marava la no morro da mangueira e hoje em mage

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s